quinta-feira, 12 de julho de 2007

Links externos ajudam no ranking?

A discussão é antiga e lá no Search Engine RoundTable tá discutindo.
Afinal os links externos melhoram ou não o posicionamento do site?
Há quem diga que sim, outros não.
Particularmente, me encaixo no segundo grupo. E não é por pessimismo não, posso sustentar minha opinião com 2 pontos:

1) Se afirmamos que quanto maior for o número de links externos apontados pro site, melhor o ranking, estamos usando isso como uma métrica, certo? Então faremos uma força tarefa (link building) para conseguir o maior numero de links apontando para um site, para melhoramos o ranking. Mas, temos como provar que melhorarmos no ranking por conta do aumento de links? A experiência não nos diz isso. Pelo contrário: vemos sites que tem muitos links apontando e nem estão bem posicionados assim.

2) O Google, em específico, já criou 'n' filtros anti-spam para justamente evitar as fraudes. Porque, do contrário, seria fácil aumentar o número de links apontando pra página, ou ate comprar ou vender links, para conseguir melhorar no ranking.

Um trabalho de otimização trabalha em três frentes obrigatoriamente: tecnologia, conteúdo e popularidade. Esses três pilares devem ser trabalhados para que o spider consiga dar relevância para a página.

Mas, a popularidade do site deve ser tratada com muita cautela. Trabalhar bem os links internos do site já pode ser um bom caminho. Ver quem pode ter uma página em potencial para colocar um link pra vc tb. E isso, não é SPAM, se pensarmos muito no quanto relevante o CONTEÚDO, da página linkada é. E é menos por causa do ranking e mais pela performance do site. Isso gera tráfego pro seu site. É bom pro usuário, bom pro buscador e bom pra seu site.

2 comentários:

gbacchin disse...

Oi Débora,

A discussão que tu menciona no artigo, até aonde eu entendi, é sobre "link exchange" e não sobre link popularity em geral.

Eu acredito que link exchange ainda funciona sim - não como antigamente claro - se feito com critério, cuidadosa seleção dos parceiros e em pequenas doses.

E sobre a importância de links no geral, acredito que sem eles não há conteúdo ou tecnologia que "salve". Pelo menos não para termos competitivos.

A posição do Google quanto ao seu entendimento de links externos é clara: são votos de confiança.

Você menciona que tem sites que não possuem bons rankings apesar de ter boa quantidade de links externos. Minha única idéia é se fazer uma cuidadosa análise de dois outros fatores: "anchor text" usado nos links e "qualidade" dos links. Só quantidade não resolve.

Não termos ferramentas que "conectem" o número e qualidade dos links externos aos rankings é outro problema. Seria uma ótima ferramenta não?

Abraço,
Gustavo Bacchin

Teclado de computador disse...

Sei que está bem tarde para comentar sobre isso (4 meses depois que foi escrito), mas acredito que links externos, bons links externos, são muitooooo importantes...

Tags título e descrição, além do conteúdo ajudam muito, mas sem links externos não há o que faça o site estar bem posicionado, se há bastante concorrência.

Acredito que até um site em flash pode alcançar altas posições se tiver muitos links de conteúdo apontando para ele.

É isso aí.