domingo, 24 de fevereiro de 2008

Long tail: o foco

Através do blog do Miguel Dorneles cheguei até do Brian Ussery, que fala sobre SEO.

Lá tem um post que destaca três pontos importantes relativos a buscas, falado por Avinash Kaushik, Analytics Evangelist do Google e autor do livro “Web Analytics: An Hour A Day” :

1) Em média 4 palavras que o Google divulga é passado, ou seja, as pessoas estão refinando mais as suas buscas
2) 25% das pesquisas feitas no Google são de palavras únicas
3)14% dos clicks do Google são de links patrocinados, contra 86% na busca orgânica

Que conclusão podemos tirar disso? Que a cauda está ficando cada vez mais longa, que temos sim que apostar nas long-tails. As pessoas estão aprendendo a usar o mecanismos de busca a seu favor, refinando a busca. E tb conclui q o volume de busca não pode ser mais tão importante assim na hora de escolher as palavras, visto que 1/4do bolo são de palavras únicas e que em média 4 palavras divulgada no Google é passado.

Selecionar palavras não é algo tão exato quanto gostaríamos que fosse, mas sim um conhecimento cada vez mais empírico.

Um comentário:

Mauricio Zane disse...

Olá Débora
acabei de conhecer o seu blog, queria te dar os parabéns.

Recentemente eu postei em meu blog sobre o seu post.

O Logn Tail veio pra ficar, não é mesmo?

Bom aí vai o link só por curiosidade do meu post. Vou continuar acompanhando aqui, bom trabalho :).

http://www.seocast.com.br/long-tail-decolando-nas-pesquisas/